É O AMOR QUE ESTÁ CHEGANDO

Imagem: Corbis

O amor acorda cedo, despede-se com um beijo e sai apressado pela porta. O amor toma café frio, calça pantufas e se permite continuar de pijamas ao dirigir até a escola. Com olhos gentis, acompanha o portão fechar – quando então volta a preocupar-se com a própria vida.

O amor não cala quando necessário, pois precisa ser sabido. E ao emudecer, permanece tranqüilo por não necessitar ser dito para então, existir. O amor existe e ponto.

O amor traz presentes em dias incertos e embora se esforce, está sujeito ao esquecimento. Nem todo amor ama com números. Nem todo amor ama com palavras. O verdadeiro amor dispensa calendário, faz aniversário todos os dias. Quem ousa escolher dia certo para amar?

O amor é atarefado. Dedica o melhor de si e em seguida se sente esgotado para amar. Quando o amor cansar, seja generoso: não insista, considere o dia de amanhã. O amor sente o passar do tempo, mas otimista, acredita no futuro.

O amor é passível de chiliques. Sente dor de cabeça e cotovelo. Dá bronca e cobra atenção, mas se vê impotente para negar aconchego e cobertor. É cuidadoso o suficiente para não deixar dormir com pés destapados, e caridoso ao permitir que um feixe de luz adentre o quarto escuro.

O amor às vezes não ouve, quando olha, nem sempre enxerga. Não que seja cego, surdo e burro, é apenas condescendente, porque sabe que comparado a ele, nada é grande o suficiente para ser temido.

O amor não chega na hora marcada, mas sempre volta. E é ao cair da noite que o escorregar da chave na fechadura, avisa: É o amor. É o amor que está chegando.


Para: Novas Visões.


27 comentários:

  1. o amor é uma eterna transformação de momentos, o amor não pode ser gentil... tem que ser íntegro e intempestivo!

    grande texto... beijo pra ti!

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo!

    Parabéns pelos textos, muito bons.

    ;)

    ResponderExcluir
  3. Eita que a mulher só pode é estar muito apaixonada mesmo, hehe. Tantos textos sobre amor pelas bandas de cá. E eu adoro! Lindos e inspiradores =)

    ResponderExcluir
  4. Lindo texto, parabéns!

    Não sei porque, mas eu pensei na minha mãe enquanto lia o texto.
    Meus olhos se encheram d'água. o.o



    Bejoo :*

    ResponderExcluir
  5. Lindo texto, parabéns!

    Não sei porque, mas eu pensei na minha mãe enquanto lia o texto.
    Meus olhos se encheram d'água. o.o



    Bejoo :*

    ResponderExcluir
  6. Anônimo01:02

    tá lindo vc escreve com o coração e a a rzão nesse mundo tãovoltado para futilidades alguém tem que sempre nos lembrar que VIVA O AMOR .Ou seja tudo é troca é dar e receber é paixão é amor...... sei lá filosofando:um brinde a quem ama a quem se apaixona hihihihihihihihii

    ResponderExcluir
  7. Adoro seu blog, adoro suas cronicas!
    Vc esta de parabens!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Muito bom o texto

    Vc escreve muito bem

    Meus parabéns

    ResponderExcluir
  9. "o amor existe e ponto final"
    adorei demais o texto
    te linkei *-*



    http://sorrisosdeplasticos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Você tem falado de amor deliciosamente bem ;)

    Linda linda tua crônica, cronista.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Parabéns. Continue e não pare nunca, é o que posso dizer!. Sem palavras.

    Voltarei mais vezes.

    ResponderExcluir
  12. Patricia Basseto22:27

    Texto apaixonado hein?! Menina vc escreve lindamente, continue assim! Bjo

    ResponderExcluir
  13. Ah o amor, quão belo é suas mais diferentes formas, mas tu tens muita razão quando diz:"O verdadeiro amor dispensa calendário, faz aniversário todos os dias." isso é fato e é algo tão simples, é só simplesmente amar e que muitas vezes esquecemos de pequenos gestos,mas é a vida e viva o amor ^^

    Parabéns pelo blog !

    ResponderExcluir
  14. Amei seu blog!
    Lindo mesmo
    PARABÉNS!

    ResponderExcluir
  15. Muito legal seu blog! Texto ótimo!

    "O amor é atarefado. Dedica o melhor de si e em seguida se sente esgotado para amar."

    muito verdade!

    beijo

    ResponderExcluir
  16. Excelente blog. Sério. Difícil encontrar um blog de conteúdo hoje em dia. Mas virarei assíduo aqui no teu, ok? Sério. Aliás, dá uma conferida no nosso. Acho que pode rolar uma interação bem legal entre nossos blogs: www.oequilibradordepratos.blogspot.com

    - O Equilibrador de Pratos -
    O que os homens pensam?

    Relacionamentos. Teorias. Discussões. Comentários. Mulheres. Sexo. E pratos equilibrados em varinhas. Bem-vindo à vida real.

    3 amigos (B. Sacamano, Hannibal e Jurandir, pseudônimos, claro) que resolveram fazer um blog tratando de assuntos que abordam o "Universo Homem + Mulher = Relacionamentos". Retrata todos assuntos citados acima, com textos bem escritos, humorados, ácidos, sarcásticos, irônicos e, sinceros ao extremo. Vale dar uma conferida. E que atire a primeira pedra quem não se identificar com algo. E por que o nome "O Equilibrador de Pratos"? Entre no blog e descubra. Será um "soco no rim". No bom sentido, é claro.

    ResponderExcluir
  17. Embora eu ache que o amor seja uma grande invenção. Por um momento nesse texto eu tive minhas duvidas.

    www.palavraderedator.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. O amor existe e ponto.
    O amor existe e ponto.
    O amor existe e ponto.
    O amor existe e ponto.
    O amor existe e ponto.

    Amei o texto, parabéns!
    bjo

    ResponderExcluir
  19. Desculpe o lugar comum mas você escreve muito bem. Um dos blogs mais interessantes que tive acesso. Sem Dúvida.

    ResponderExcluir
  20. Oi Gabriela, essa série sobre o Amor está super interessante ! Como voce consegue tanta inspiração ? beijo

    ResponderExcluir
  21. Muitoo perfeitas as suas palavras...
    Identificação total..
    Adorei mesmo...

    Parabéns...
    Vou sempre passar por aqui!!!

    abração!!!

    ResponderExcluir
  22. oiii! que bom que curtiu. amo fotografias! as vezes não sao as fotografias que acompanham as fotografias e sim as fotografias que acompanham as fotos!

    beijos

    ResponderExcluir
  23. Adorei seu texto, principalmente a conclusão:

    "O amor não chega na hora marcada, mas sempre volta. E é ao cair da noite que o escorregar da chave na fechadura, avisa: É o amor. É o amor que está chegando."

    Muito bom.

    Parabéns pelo blog.

    http://sinapsemoderna.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  24. Adorei esse texto Gabiroba! Seu brog tá muito bom. Ah! Tú é a primeira leitora do meu primeiro conto... Isso a gente nunca esquece!

    ResponderExcluir
  25. Seu blog no meu blog!!!
    =D

    ResponderExcluir
  26. Jac Oliveira12:30

    Bem, estou no trabalho agora então não consigo ler teu blog todo com a atenção que ele certamente merece. Mas li este texto. parabéns :)
    sobre a foto, pode pegar sim. Se fores postar em algum lugar, credite-a :)
    aliás, posso mandar esse teu texto, devidamente creditado, para alguns amigos?
    abraço!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário.

 
A Cronista © 2013 | Gabriela Gomes. Todos os direitos reservados.