ESTRATÉGIAS DO AMOR

Imagem: Corbis | Texto: Gabi Gomes

- Amor...
- Hum?
- Tu gosta de mim?
- Mas que pergunta.
- Gosta ou não gosta?
- Por que é que tu acha que tô contigo?
- Tu tá respondendo com outra pergunta. Não vale.
- Gosto, claro.
- “Gosto claro”.
- Que foi?
- Que jeito mais seco de dizer que gosta.
- Ué, mas tu perguntou!
- Tá, tá.

Um tempo depois:

- Môr!
- Fala.
- Sabia que eu te amo?
- Sabia sim, linda. Aliás: sei. E eu também.
- Tu também?
- Uhum.
- Também o quê?
- Ué, o que foi que me perguntou?
- Se tu sabia que eu te amo.
- Então, eu também.
- É, mas tu não disse “amo”.
- Mas eu amo.
- Mas não falou.
- Agora falei.
- Tá, mas assim, tu me ama como antes?
- Como antes, não.
- Ama menos?
- Não é isso.
- Então o que é?
- Outra vez com essa história...
- Não desconversa.
- É que agora é diferente.
- Diferente como?
- A gente já tá há um tempo juntos.
- E?
- E o que a gente sente vai mudando.
- Sei.
- Mas não significa que eu não goste de ti, entende? Longe disso.
- Até que sim.
- Que bom.
- Ah! Mas naquela vez que terminamos tu vivia dizendo que tava com saudades minhas e até chegou a dizer que tava gostando bem mais de mim.
- Mas isso é normal.
- É, mas a gente tava longe um do outro.
- E daí?
- Daí que é melhor a gente terminar outra vez.

20 comentários:

  1. É...aí o povo termina confundindo saudade com amor. Quando ativa o botãozinho do sentimento, olha para trás e diz um "Até logo!".
    Vai entender!

    Mas, é exatamente isso que acontece. Parabéns pela conversa. Perfeita demais!

    Um beijo!!!!

    ResponderExcluir
  2. Não sei porque, mas essa cena me pareceu demasiado familiar.

    Ainda bem que também acabou.

    ResponderExcluir
  3. tem coisas que não se deve perguntar! sempre acaba-se chegando onde ninguém quer... pode ter certeza.
    agora me diz pq as pessoas tem essa mania de perguntar: vc me ama? me acha bonita? .... isso deve partir naturalmente da outra pessoa... jamais pergunte... no máximo indusa!

    ResponderExcluir
  4. Como diz meu querido Rubem Fonseca...
    "Na cama não se fala de filosofia..."
    Não se fala absolutamente de nada, só te aconchega e divide o silêncio, o abraço, o beijo...depois tudo de novo.
    "Na cama não se fala de filosofia"!

    bjo

    ResponderExcluir
  5. Depois da sessão "escreva você mesmo" agora uma sessão "retratos da vida real". rssss... Adoro seu blog, tudo muito bem original.
    Quanto ao post, sem comentários. Elas querem respostas para tudo. Eles não querem nem conversar muito. rssss... Sem comentários.

    ResponderExcluir
  6. Já passei inúmeras vezes por isso. Sempre funciona. Pra que que funciona? Não me pergunte. Simplesmente funciona. (rs) Gabi, gostaria que vc reservasse um tempinho e lesse um texto em 4 partes que coloquei no meu blog. Como vc é do ramo, seu comentário me seria muito útil. Não se apresse; só a hora que der, se der... Estou em Sampa e só volto amanhã à noite pra minha cidade.

    abs do nil

    ResponderExcluir
  7. Hahaha, eu sou meio assim sabe, ou era, sei lá, vivia perguntando esse tipo de coisa! ¬¬
    Bom, adorei o texto como sempre né Gabi, amo-te senhora preguiça! (:

    ResponderExcluir
  8. isso é totalmente o que acontece. dá até medo de não ter solução.

    ResponderExcluir
  9. Depois de muita cabeça aprendi quão perigoso é esse questionário (rsrs). E aprendi que há outras formas de saber o que me é tão necessário saber, e fico ainda mais feliz em ler nas entrelinhas dele do que ficaria se ele verbalizasse o que não se verbaliza: amor.

    Adorei o texto.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  10. Hahaha.. humanos. Quem os entende?
    Sempre inseguros...

    ResponderExcluir
  11. Eu tenho medo dessas conversas, mas às vezes é melhor aceitar o que elas nos oferecem depois do que nos enganar impedindo-as a todo custo.
    Estranho, né?!
    Gente é bicho estranho mesmo.

    ResponderExcluir
  12. fim surpreendente...
    me identifiquei com o texto...
    hahehehhehaha

    abraços
    parabéns

    até mais...

    ResponderExcluir
  13. Hahahaha...é por esse motivo que eu não pergunto nada! Até pq, tem gente que usa o "eu te amo" feito usa o "bom dia" e isso pra mim tb não significa mto!
    Como disse Flavinha, prefiro notar isso nos gestos, atitudes do que em palavras...
    Adorei, fiquei até imaginando a cena!
    Bjos pra vc, Gabi!

    ResponderExcluir
  14. o amor e a loucura são bem parecidos...
    sobre essas conversa, ler isso parace ser uma conversa irracional mas muitas vezes acontece mesmo.

    já ouvi dizer que a melhor maneira de terminar com uma relação é perguntar pq vc gosta de mim, pois gostar não tem pq

    ResponderExcluir
  15. Pq a gente tem que complicar tudo, n� hahah

    ResponderExcluir
  16. tem gente que ama e não diz que ama. e tem também o contrário.
    dizer que ama é bom, mas esperar sempre um "eu também" imediato não é nada bom.
    o amor tem q dizer q existe naturalmente...

    ResponderExcluir
  17. nossa muito legal seu blog.
    adorei o texto, complicamos tudo mesmo...rsrsrs
    até...

    ResponderExcluir
  18. Fabio Chiorino16:47

    quando o amor vira uma espécie de certificação, já não existe mais. "Você me ama?" é o símbolo máximo de nossa carência.

    ResponderExcluir
  19. u.a.u
    adorei,
    ;)
    blog muito show.!
    :D
    Beijo,

    ResponderExcluir
  20. Muito legal, suas crônicas estão de parabéns Gabriela!


    ;D

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário.

 
A Cronista © 2013 | Gabriela Gomes. Todos os direitos reservados.